Herptofauna Jalapão
 

 

 

 
A Região do Jalapão no Cerrado Brasileiro
 
   Localizado na porção leste do estado do Tocantins, com porções no oeste do Piauí e do Maranhão, a região do Jalapão compreende aproximadamente 53.340 km2 de uma área de Cerrado bastante preservada. A precipitação média anual é cerca de 1.500 mm3 e a temperatura de 26 ºC. A maior parte da fauna do Jalapão é um subconjunto da fauna do Cerrado. O Jalapão é também influenciado faunisticamente e floristicamente pela Caatinga semi árida, embora esteja situado dentro de domínio do Cerrado brasileiro.

   Devida a grande sua grande extensão e a seu estado de preservação, o Jalapão é considerado uma área de prioridade para a conservação. Mais de 50% do bioma Cerrado já foi convertido em áreas para agricultura. A densidade populacional no Jalapão é relativamente baixa, mas é relativamente alto o perigo de um super desenvolvimento.

Nós conduzimos inventários sobre a herpetofauna da região, resultado de uma colaboração entre Cientistas americanos da Universidade de Oklahoma, cientistas brasileiros e estudantes da Universidade de Brasília. Os americanos são os
Drs. Laurie J. Vitt e Janalee P. Caldwell e os brasileiros são o Dr. Guarino R. Colli, Ms. Adrian Antonio Garda, Ms. Daniel Oliveira Mesquita, Frederico Gustavo França, e Santos Fernandes Balbino. Dois estudantes locais, de Mateiros-TO, também estiveram envolvidos diretamente durante uma parte do trabalho de campo.
 

Métodos

   Nós utilizamos armadilhas do tipo ¨pitfall¨ para capturar a maioria dos répteis e muitos anfíbios. Nós também vistoriamos habitat usualmente utilizados por representantes da herpetofauna, como em ninhos de cupim, e visitamos habitats aquáticos a noite para capturar répteis e anfíbios. Para todos os espécimens coletados, nós anotamos o local exato de coleta, dados do microambiente, e uma série de dados ecológicos e morfológicos dos animais. Nossa intenção não foi apenas construir a lista de espécies, mas também compreender mais um pouco sobre a ecologia e o comportamento das espécies. Todos os espécimens foram adequadamente preservados, etiquetados e estão depositados na Coleção Herpetológica da Universidade de Brasília. Os recursos foram subsidiados pela Conservation International do Brasil e pela Sam Noble Oklahoma Museum of Natural History.

 

A Herpetofauna


   
Lagartos e sapos estão entre os mais comuns e observáveis animais da região do Jalapão e indiscutivelmente são um componente importante do ecossistema Cerrado. Eles atuam diretamente sobre as populações de invertebrados, através da sua alimentação, e indiretamente sobre as comunidades de plantas, através do uso de insetos herbívoros na alimentação. O grande número de espécies fossoriais, muitas das quais são extremamente abundantes (e.g., Physalaemus cuvieri), tem um importante papel no ciclo de nutrientes do ecossistema, porque elas escavam o solo continuamente. Impactos diretos nos habitantes são mais discretos. Entretanto, várias serpentes peçonhentas tem potencial para prejudicar os habitantes, e uma, a Jararaca (Bothrops moojeni), é bastante abundante, e acidentes com serpentes não são raros na região.

 
 

 

 

 
A herpetofauna da região do Jalapão inclui cobras-cegas, sapos, lagartos, e serpentes. A maioria das espécies são típicas do Cerrado, entretanto algumas espécies típicas da Caatinga estão presentes. Devido ao fato de nossa inspeção inicial ter sido restrita a uma pequena área no município de Mateiros, nossos resultados devem ser considerados preliminares.
Todavia, nossos resultados mostram que a herpetofauna da região é extremamente diversa. Espécies não descritas e pobremente conhecidas ocorrem na área e investigações futuras não irão somente enriquecer nossa lista de espécies, mas adicionar espécies desconhecidas pela ciência.
 
 
Cobras-cegas
 
Família Caeciliidae
   Siphonops paulensis
 

Sapos
 
Família Bufonidae
   Bufo granulosus
   Bufo ocellatus
   Bufo paracnemis
Família Leptodactylidae
   Adenomera andreae
   Adenomera martinezi
   Leptodactylus fuscus
   Leptodactylus labrynthicus
   Leptodactylus ocellatus
   Physalaemus cuvieri
   Proceratophrys sp.
   Pseudopaludicola mysticalis
Família Hylidae
   Hyla "raniceps"
   Hyla albopunctata
   Hyla marmorata
   Hyla punctata
   Osteocephalus sp.
   Scinax fuscomarginata
   Scinax fuscovaria
   Scinax rostrata
   Scinax rubra
Família Microhylidae
   Elachistocleis ovalis
 

 

 
Lagartos
 
Família Polychrotidae
   Anolis nitens brasiliensis
   Polychrus acutirostris
Família Tropiduridae
   Tropidurus "oreadicus"
Família Iguanidae
   Iguana iguana
Família Hoplocercidae
   Hoplocercus spinosus
Família Gekkonidae
   Briba brasiliana
   Gymnodactylus geckoides
   Hemidactylus mabouia
Família Teiidae
   Cnemidophorus sp.
   Ameiva ameiva
   Tupinambis duseni
   Tupinambis quadrilineatus
Família Amphisbaenidae
   Amphisbaena alba
   Bronia kraoh
   Leposternon polystegum
Família Gymnophthalmidae
   Colobosaura modesta
   Micrablepharus maximiliani
   Vanzosaura rubricauda
Família Scincidae
   Mabuya heathi
   Mabuya nigropunctata
 

 

 
Cobras
 
Família Colubridae
   Helicops angulatus
   Leptodeira annulata
   Liophis almadensis
   Oxybelis aeneus
   Oxyrhopus rhombifer
   Phalotris concolor
   Philodryas nattereri
   Philodryas patagoniensis
   Phimophis guerini
   Psomophis joberti
   Sibynomorphus mikanii
   Thamnodynastes pallidus
   Thamnodynastes hypoconia
   Waglerophis merremi
Família Elapidae
   Micrurus brasiliensis
   Micrurus frontalis
Família Viperidae
   Bothrops moojeni
   Crotalus durissus
Família Boidae
   Boa constrictor
   Corallus hortulanus
   Epicrates cenchria